Adam Chatfield conquista bom resultado no GP Brasil de Motocross

 

A sétima etapa do Mundial de Motocross agitou o parque Beto Carrero World, em Penha, Santa Catarina. Quase vinte mil pessoas vibraram com as performances dos melhores pilotos do mundo no circuito catarinense.

No sábado, 18, foi reservado aos treinos livres, pré-classificatórios e a prova classificatória, que definiu a posição no gate de largada. Adam Chatfield, piloto da Vulcano Ipiranga IMS, mostrou bom ritmo e ficou com a 18ª posição.

Já o domingo começou com a Corrida dos Campeões, uma homenagem aos pilotos de diferentes gerações do motocross. Wellington Valadares, hoje chefe de equipe da Honda Mobil, e Cristiano Lopes, que chefia a Vulcano Ipiranga IMS, deram duas voltas no circuito e receberam o carinho da torcida. Após a corrida, os competidores subiram ao pódio para receber mais uma placa da organização e dos patrocinadores do evento.

Na disputa do Mundial o britânico Adam Chatfield , que corre os principais campeonatos no Brasil, acelerou na corrida da MX1 e com excelente preparo físico garantiu a vaga para a Super Final com o 16º lugar na bateria.

A Super Final aconteceu no final da tarde e concentrou na mesma prova os melhores pilotos das categorias MX1 e MX2. Adam teve, mais uma vez, uma boa atuação e terminou o desafio na 22ª posição, sendo o melhor colocado dentre os atletas que correm no Brasil. Na soma dos resultados o piloto de numeral #407 ficou com a ótima 15ª colocação na categoria principal, encerrando no Top15 a rodada brasileira do Mundial de Motocross.

A meta agora é conquistar bons resultados também na segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, que acontece nos dias 24 e 25 de maio, em Três Lagos, Mato Grosso do Sul. Adam é o 5º colocado na 450cc, com 31 pontos. Em 2012 ele foi o vice-campeão da classe.