Campeonato Carioca de Motocross 2014 | Primeira etapa | Balneário de Atafona

  • Balneário de Atafona, em São João da Barra, recebeu nos dias 18 e 19 de janeiro os melhores pilotos do estado para a abertura do Campeonato Carioca de Motocross de 2014, organizado pela Federação de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro (Femerj) com total apoio da Prefeitura Municipal.

Confira a GALERIA DE FOTOS

A tradicional pista recebeu pelo terceiro ano consecutivo uma nova etapa do evento, que teve neste primeiro encontro cerca 80 pilotos de toda região eletrizando, com seus altos pegas, o início desta temporada que promete vir com tudo.

Como notou o piloto Pedro Lucas, campeão da categoria PRO em 2013, trata-se de uma pista bem técnica que mistura curvas de areia, curvas cavadas e trechos bem duros. “Acho que tem tudo para render uma grande corrida”, afirmou Pedro Lucas, que comentou suas expectativas para o campeonato. “O principal é manter o ritmo durante o ano e principalmente não me lesionar, um campeonato se ganha correndo todas as etapas e, para isso, é necessário estar muito bem. Fiz uma pré-temporada muito boa e espero brigar pelas primeiras posições”, completou.

Marcelo Aragão, da equipe CabriTeam, também expôs sua esperança em manter o posto de campeão absoluto na categoria Sênior 30. “Espero ter condições de brigar pelo título mais uma vez e garantir o bi-campeonato para minha equipe”, disse. Philipe de Pinho, campeão da categoria Intermediária e um dos principais nomes para o título da categoria Pro, também garantiu que vai seguir firme na disputa. “No primeiro ano correndo tive chances de ser campeão da Pro mesmo não sendo o foco, mas fiquei feliz de ter tido condições de brigar pela liderança, mesmo sofrendo uma lesão que me deixou fora de uma etapa. Esse ano as expectativas são boas e quero lutar pelo título”, observou.

campeonatocariocademotocross_betoranhol (2)

A categoria PRO, que será disputada em duas baterias por etapa, foi a primeira a encarar o gate. Beto Ranhol largou em terceiro mas ainda na primeira volta assumiu a primeira posição e logo abriu grande vantagem para o segundo colocado. O piloto liderou de ponta a ponta garantindo o primeiro lugar na bateria. Pedro Lucas, atual campeão, garantiu a segunda posição, seguido por Maurício Rocha. Ainda completaram o pódio Philipe de Pinho em quarto e Fábio Roberto dos Santos com a quinta posição. “Graças a Deus deu tudo certo, larguei entre os primeiros e logo assumi a ponta. A pista é bem técnica e não permitia erro, consegui administrar bem levando minha moto até o primeiro lugar na bateria”, declarou o campeão da primeira bateria da PRO.

Resultado | Categoria PRO | 1ª Bateria

1 | #985 | GILBERTO RANHOL

2 | #27 | PEDRO LUCAS LICASSALI

3 | #137 | MAURÍCIO ROCHA

4 | #54 | PHILIPE DE PINHO

5 | #22 | FÁBIO ROBERTO DOS SANTOS

campeonato carioca de motocross_mauricio rocha

Na segunda bateria quem saiu na frente foi Marcelo Aragão da equipe CabriTeam. A liderança durou pouco e Beto Ranho assumiu a ponta. O piloto foi seguido de perto por Maurício Rocha, da equipe Red Dragon. Faltando cinco voltas para o final da bateria, Maurício Rocha assumiu a ponta deixando Beto Ranhol com a segunda posição, mas o piloto imprimiu ritmo forte e na última curva garantiu a ultrapassagem, reassumindo a ponta. Maurício Rocha levou a melhor no salto seguinte e acelerou forte na reta, pegando de volta a primeira posição com menos de uma moto de diferença, levando os quase três mil expectadores de Atafona ao delírio. Maurício Rocha garantiu a primeira posição na segunda bateria, seguido por Beto Ranhol que garantiu a segunda posição na prova, e o primeiro lugar na geral. “Não esperava ganhar essa bateria, tive febre antes de viajar pra Atafona, ainda sinto algumas dores e não estou completamente recuperado, mas muito feliz por ter conquistado esse primeiro lugar. O nível técnico da pista e dos pilotos estava muito alto, tive um pouco de sorte e graças a Deus conquistei a segunda bateria”, afirma Maurício Rocha, piloto Red Dragon Rio.

Resultado | Categoria PRO | 2ª Bateria

1 | #137 | MAURÍCIO ROCHA

2 | #985 | GILBERTO RANHOL

3 | #27 | PEDRO LUCAS LICASSALI

4 | #54 | PHILIPE DE PINHO

5 | #623 | MARCELO ARAGÃO

campeonato carioca de motocross max miranda

Logo em seguida foi a vez da categoria 50cc entrar em ação. Os pilotos mais “fofinhos” do campeonato aceleraram suas motos no momento mais “gutgut” do evento, que contou com a presença da piloto Maria Eduarda. A família Guzzo foi representada pelo pequeno Miguel Guzzo em sua estreia nas pistas. Nicolas Felix, filho de Cristiano Tavares, o “Tatu, da cidade de Campos, também largou: o pequeno – e grande campeão – foi o campista Max Miranda com sua KTM.

Resultado | Categoria 50cc

1 | #4 | MAX ANTONIO MIRANDA

2 | #3 | NICOLAS FÉLIX

3 | #6 | MARIA EDUARDA

4 | #1 | MIGUEL GUZZO

campeonato carioca de motocross peterson filho (1)

O piloto Peterson Filho, que vem sendo lapidado pela família Erthal, largou na frente na categoria 65cc e garantiu a vitória de ponta a ponta. O piloto fez a sua estreia na última etapa em Nova Friburgo, ainda em 2013, e impressionou a todos com sua velocidade e técnica. Mesmo sendo a sua segunda corrida, o piloto parece estar bem à vontade e se acostumando com o lugar mais alto do pódio. Ele se prepara agora para encarar o gate do Campeonato Brasileiro de Motocross. “Venho treinando bastante e me dedicando muito ao Motocross. Quero agradecer ao meu pai, minha mãe e família Erthal por me treinar e por me levar para as corridas”, finalizou o piloto.

Resultado | Categoria 65cc

1 | #32 | PETERSON FILHO

2 | #187 | PEDRO HENRIQUE CARVALHO

3 | #18 | DIOGO MORAES

 

Walter Sérgio Tardin largou na frente na bateria da Sênior 30, 37 e 44. O piloto não conseguiu segurar a liderança e logo foi ultrapassado. Beto Ranhol assumiu a ponta mas na metade da prova errou numa recepção e foi ao chão, Walter reassumiu a ponta e venceu na Sênior 30. Beto Ranhol terminou na segunda posição. “Larguei em segundo e consegui imprimir um ritmo forte, já estava alcançando a primeira posição quando, por infelicidade, ele caiu e depois disso foi só administrar a corrida”, contou.

Resultado | Categoria Sênior 30

1 | #25 | WALTER SÉRGIO TARDIN

2 | #985 | GILBERTO RANHOL

3 | #168 | GUILHERME SATHLER

4 | #623 | MARCELO ARAGÃO

5 | #22 | FABIO ROBERTO DOS SANTOS

 

Resultado | Categoria Sênior 37

1 | #25 | WALTER SÉRGIO TARDIN

2 | #22 | FABIO ROBERTO DOS SANTOS

3 | #21 | MANOEL DOS’ SANTOS

4 | #600 | JOSÉ CARLOS GUIMARÃES

5 | #139 | MARCOS VINICIUS MACHADO

 

Resultado | Categoria Sênior 44

1 | #600 | JOSÉ CARLOS GUIMARÃES

2 | #601 | AUREO MORAES

3 | #82 | JOEFFSON DA SILVA

4 | #547 | VANDERSON EDUARDO

campeonato carioca de motocross_caiovitor

Na categoria 85cc quem saiu na frente foi Caio Vitor seguido por Bernardo Campanati. Bernardo caiu e quem assumiu a segunda posição foi João Candia, da cidade de Saquarema. Caio liderou de ponta a ponta e venceu a bateria deixando João em segundo. “Foi muito bom vencer em casa, perto da família e dos amigos. Queria agradecer primeiramente a Deus e ao meu pai que está sempre do meu lado me levando para todas as corridas e aos treinos”, dedicou.

Resultado | Categoria 85cc

1 | #38 | CAIO VITOR

2 | #9 | JOÃO CANDIA

3 | #31 | BERNARDO CAMPANATI

4 | #7 | PAUBER CAMPANATI

5 | #22 | GUILHERME GUZZO

campeonato carioca de motocross diego moraes

Na categoria Intermediária quem saiu na frente foi Fabrício dos Santos. Ainda na segunda volta, Diego Moraes assumiu a liderança e imprimiu um ritmo forte durante toda a bateria administrando a prova até o final. “A corrida foi perfeita, larguei bem, assumi a ponta e foi só administrar. Essa prova foi muito bem organizada, a prefeitura e a Federação estão de parabéns. Gostaria de agradecer ao meu pai que me dá todo apoio para correr o campeonato, e ainda à minha vóvo que torceu muito, pois dedico a ela esta vitória”, declarou.

Resultado | Intermediaria

1 | #601 | DIEGO MORAES

2 | #12 | DOUGLAS PITANGUY

3 | #21 | MANOEL DOS SANTOS

4 | #168 | GUSTAVO QUEIROZ

5 | #99 | RAPHAEL BOMTEMPO

campeonato carioca de motocross manoel dos santos

Na categoria Regional, Manoel dos Santos faturou a primeira posição. “Lutei muito pra conquistar esse primeiro lugar, acabei tendo problemas com a minha moto antes da prova e tive que pegar uma emprestada, mas deu tudo certo e conquistei a vitória”.

Resultado | Categorial Regional

1 | #21 | MANOEL DOS SANTOS

2 | #22 | RAPHAEL SOUZA

3 | #9 | ISAC CABRAL CAMPOS

4 | #28 | MARNEY SIQUEIRA

5 | #139 | MARCUS MACHADO

 

Na categoria Nacional o grande campeão foi Raphael Teixeira. “Foi complicado andar nessa pista, terreno bem pesado, mas enfim deu tudo certo e volto pra casa com a primeira posição”.

Resultado | Categoria Nacional

1 | #100 | RAPHAEL TEIXEIRA

2 | #101 | ARNALDO JUNIOR

3 | #13 | PEDRO NETO

4 | #21 | LUCAS GAMA

5 | #137 | MAURICIO RODRIGUES DA ROCHA

 

Organização

“Vamos trabalhar para ter um grande ano para o motociclismo no estado, a Federação está aberta para ouvir e atender a todos os pilotos. A abertura aqui em Atafona provou isso, e assim será durante todas as etapas”, declara Alexandre Caravana, presidente da Femerj. O prefeito “Neco” acompanhou de perto todas as disputas. “É um prazer receber pilotos de várias partes do Rio de Janeiro, isso mostra que São João da Barra está entre as principais incentivadoras, pois sabemos que o esporte forma cidadãos de bem, e os prepara para a vida, além de impulsionar o turismo e o comércio local. Estamos muito satisfeitos e dispostos a trazer mais etapas como essa para nosso município”, declarou. A primeira etapa do campeonato tem o apoio da Prefeitura Municipal de São João da Barra, com organização da Federação de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro e a cobertura do Clube Radical.

campeonatocariocademotocross_betoranhol (1)

campeonato carioca de motocross_josecarlosguimaraes

campeonato carioca de motocross peterson filho (2)

campeonato carioca de motocross (2)

campeonato carioca de motocross (1)