Entrevista: Taddy Blazusiak, a lenda do Super Enduro

* Entrevista realizada por Jefferson “Coelhinho” Fraga
taddy blazusiak

Taddy Blazusiak na etapa brasileira do Mundial de Super Enduro 2015 – Foto: Future7Media / KTMimages

Tadeusz “Taddy” Blazusiak tem 31 anos e é um fenômeno do motociclismo off-road, especialmente do Enduro Cross (Super Enduro ou Moto X Enduro). Começou no Trial, modalidade na qual foi campeão polonês e alemão, e migrou para o enduro em 2007. De lá pra cá, o polonês já ganhou a medalha de ouro do X Games em quatro oportunidades, inclusive no Brasil em 2013. Também é pentacampeão do Erzberg Rodeo, uma corrida de “extreme enduro” realizada todo ano na Áustria, pentacampeão do AMA Endurocross e tetracampeão do Mundial de Super Enduro.

Está prestes a se consagrar pentacampeão do Mundial de Enduro, que teve sua penúltima etapa realizada no sábado passado, dia 28 de fevereiro, no Mineirinho, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Poderia ter erguido a taça no Brasil, mas os adversários foram mais eficientes e adiaram a comemoração do piloto da Red Bull KTM, que agora tenta o feito na final, marcada para o dia 14 de março, na França.

Na sexta-feira, 27, Blazusiak participou de uma seção de autógrafos na loja Motostreet, em Minas Gerais. O brasileiro Jefferson “Coelhinho” Fraga, fã de motociclismo, fotógrafo, e parceiro do BRMX, entrevistou o piloto. Blazusiak é muito acessível, simpático e sorridente. Direto nas respostas, o polonês falou de tudo um pouco. Confira!

 

BRMX: Você gostou da pista no Brasil?
Taddy Blazusiak: Estive no estádio e pude conferir de perto e ver que a pista já está pronta para a competição de amanhã (lembrando que a entrevista foi concedida na sexta-feira). Creio que vai ser uma pista gostosa de pilotar. Foi construída pelo Eric (Eric Peronnard), que sempre consegue montar ótimos traçados junto com sua equipe, e acho que tem tudo para ser um excelente evento neste sábado.

BRMX: Você gosta de correr no Brasil? Gosta do público, do local da prova?
Taddy Blazusiak: Sim, claro. Ano passado foi muito divertido, o público aqui é muito legal e me apoiou muito no ano passado. Mesmo largando atrás, o público me incentivou em cada volta e pude dar o máximo para recuperar e vencer uma das baterias, foi incrível. Eu acho que vou me divertir e que o publico também vai curtir e vibrar muito. Com certeza correr aqui é sempre legal, o público incentiva de verdade.

BRMX: Por que você mudou do trial para o Endurocross?
Taddy Blazusiak: Eu simplesmente fiz uma transição. O Endurocross para mim era o meu próximo passo, e foi isso que fiz. Estou feliz e acho que fiz as escolhas certas, pois tenho conseguido ótimos resultados nos últimos anos e tenho me divertido pilotando pelo mundo.

 

blazusiak_coelhinhoBlazusiak na seção de autógrafos da Motostreet – Foto: Jefferson Coelhinho

 

BRMX: Como são os seus treinos?
Taddy Blazusiak: Para motocross você treina motocross para supercross você treina supercross, e para o endurocross você treina simplesmente endurocross. Costumo fazer treinos alternados, entre academia com pesos, treinos de cárdio e sempre treinos de endurocross bem específicos todos os dias quando estou me preparando para a temporada.

BRMX: Qual é a parte mais difícil do Endurocross?
Taddy Blazusiak: Bom, a corrida é curta e muito intensa e tudo se torna muito difícil nestas condições de corrida. Acho que tudo é difícil quando se tem pouco tempo de corrida e uma pista extremamente técnica, onde tudo pode mudar a cada metro, a cada volta piora. Vencer é difícil, então tudo é difícil, simples assim.

BRMX: O que gosta de fazer nas horas livres?
Taddy Blazusiak: Atualmente, gosto de pilotar jet ski e só. Nossa agenda é muito complicada, nosso calendário é de seis meses de competições, sendo que costumo competir a cada duas semanas, o que compromete o meu ano por completo. Tento levar minha rotina bem a sério, então fica complicado sair dela para ir a festas ou praticar outros esportes, pois nosso dia a dia como piloto é muito complicado e muito atarefado entre treinos, corridas e viagens.

 

105388_taddy_blazusiak__jonny_walker_1024-1Blazusiak e seu companheiro de equipe, Jonny Walker – Foto: Future7Media / KTMimages

 

BRMX: Você gosta de MX, acompanha o Mundial e o AMA?
Taddy Blazusiak: Eu gosto de competições de motocross e sempre acompanho quando posso, mas para ser sincero, com a agenda de viagens, acabo não conseguindo acompanhar muita coisa a não ser o endurocross.

BRMX: Tem alguma aposta no Mundial de Motocross desse ano?
Taddy Blazusiak: Sobre a disputa entre Cairoli e Villopoto, acho que os dois são pilotos bem rápidos e que já mostraram isso para o mundo todo. Vamos ver como vai terminar essa primeira etapa tão esperada. Tony é meu companheiro de equipe, e com certeza toda minha torcida vai para ele.

BRMX: Quais são teus ídolos?
Taddy Blazusiak: Não tenho ídolos.

BRMX: Como você começou no esporte?
Taddy Blazusiak: Meu pai pilotava por lazer, e assim que comecei a me interessar. Fui praticando e evoluindo até que me chamaram para o time, e aqui estou.

BRMX: Conhece algo do motociclismo no Brasil?
Taddy Blazusiak: Não conheço nada sobre os pilotos e as competições aqui do Brasil.

BRMX: Tem planos de correr outra modalidade?
Taddy Blazusiak: Estou sempre participando de eventos diferentes quando as temporadas do Super Enduro ou Endurocross terminam. Costumo participar de provas de Cross Country e Hard Enduro.

BRMX: Qual a sua opinião sobre o estágio atual do enduro?
Taddy Blazusiak: O esporte está sempre evoluindo sabe, desde o MotoGP até o Endurocross estamos sempre em constante evolução, seja pilotos sejam as competições e até mesmo as motos, e isso faz com que a competição ou o evento nunca parem no tempo.

Como a modalidade é vista dentro da FIM? É valorizada?
Taddy Blazusiak: Não sei dizer sobre a visão da FIM, mas acho que não devem ter do que reclamar.

 

105389_taddy_blazusiak_1024-2Taddy Blazusiak – – Foto: Future7Media / KTMimages

 

:: Breve perfil
Equipe: KTM Factory Enduro
País de origem: Polônia
Data de nascimento: 26 de abril de 1983
Estado civil: solteiro
Lazer: jet-ski

 

 

Vídeos

:: Se liga na habilidade do cara

 

 

 

 




Arquivado em: DestaqueEnduroInformativos

Tags:

Publicado por:


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/actionmx/public_html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1044